Notícias do Flamengo

Com Diniz, veja a Seleção FI da 10ª rodada do Brasileirão


Com Diniz, veja a Seleção FI da 10ª rodada do Brasileirão

Flu coloca três nomes na lista após bater o Atlético-MG por 5 a 3

Categorias:

Por: , 09/06/2022

diniz Fernando Diniz. Foto: Marcelo Gonçalves / Fluminense

Campinas, SP, 09 (AFI) – A 10ª rodada do chegou ao fim na noite desta quinta-feira e agora é hora de conferir como vem montada a Seleção FI. Destaques para o Fluminense, que fez jogão com o Atlético-MG e venceu por 5 a 3, e para o Palmeiras, que conquistou o maior placar da rodada: 4 a 0.

CONFIRA A SELEÇÃO FI:

Goleiro: João Paulo (Santos)O Santos mais uma vez vacilou e empatou com o Internacional, por 1 a 1, na Vila Belmiro. Só que o resultado poderia ter sido pior, já que o goleiro João Paulo fez pelo menos quatro grandes defesas e foi eleito o melhor jogador em campo.

Lateral direito: Samuel Xavier (Fluminense)Cresceu muito de produção após a chegada de Fernando Diniz no Fluminense, na vitória por 5 a 3,contra o Atlético-MG, o lateral marcou um gol e deu assistência para outro.

Zagueiro: Léo Ortiz (Red Bull Bragantino)Estava com a Seleção Brasileira no outro lado do mundo, chegou horas antes da partida, entrou em campo e com grande atuação, ajudou o Red Bull Bragantino a vencer o Flamengo por 1 a 0, sólido defensivamente, ganhou mais destaque após Luan Candido ser expulso no segundo tempo.

Zagueiro: Pedro Henrique (Athletico-PR)O Athletico-PR foi fatal com a bola nos pés e venceu o Juventude, de virada, por 3 a 1, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Se por um lado o setor ofensivo novamente funcionou sob o comando de Pablo, a defesa foi impecável na liderança de Pedro Henrique, seguro pelo alto e preciso nos desarmes.

Lateral-esquerdo: Lucas Pires (Santos)O Santos deu indícios de que poderia vencer, mas só empatou com o Internacional, por 1 a 1, na Vila Belmiro. O melhor em campo do time paulista foi Lucas Pires, jovem muito acionado no ataque e que criou boa parte das principais jogadas de ataque. Foram seis passes decisivos e poderia ter saído com assistência para o gol de Eduardo Bauermann, que acabou anulado pelo VAR.

scarpaGustavo Scarpa. (Foto: Divulgação / Palmeiras)

Volante: Rodrigo Lindoso (Ceará)Organizou a marcação do Vozão ao lado de Richard, não dando espaço para o América, mesmo fora de casa. Além disso, deu lançamento espetacular para o primeiro gol, ainda do campo de defesa. Richard também deu ótima assistência e merece menção na seleção.

Meia: Gustavo Scarpa (Palmeiras)Scarpa foi o melhor em campo na vitória do Palmeiras sobre o Botafogo, por 4 a 0, no Allianz Parque. O meia deu duas assistências e marcou um gol, confirmando a boa fase com a camisa alviverde. No final, saiu de campo aplaudido e ainda ganhou de um torcedor um presente inusitado: bolacha recheada e leite condensado. Uma figuraça!

Meia: Pepê (Cuiabá) – O camisa 10 organizou o meio-campo e ajudou muito o Cuiabá a conquistar importante vitória contra o até então líder Corinthians. Hora posicionado como volante, hora como meia-atacante, foi incansável do início ao fim.

Atacante: Mendoza (Ceará)Mais uma vez foi o motorzinho e artilheiro do Ceará. Simplesmente fez os dois gols do Ceará na vitória por 2 a 0 diante do América-MG e infernizou os adversários. Chegou a 15 gols na temporada!

Atacante: Rony (Palmeiras)O Palmeiras atropelou o Botafogo na noite desta quinta-feira, quando fez 4 a 0, no Allianz Parque. Os paulistas dominaram o confronto do início ao fim e tiveram Rony como um dos destaques em campo, já que marcou dois dos quatro gols. Uma partidaça do Verdão de Abel Ferreira.

Atacante: Germán Cano (Fluminense)Faz o L, Germán Cano é o artilheiro do Flu, marcou dois gols na partida, o segundo sendo um golaço de voleio. O atacante vive grande fase desde que chegou nas Laranjeiras e se tornou o vice-artilheiro do Brasileirão com seis gols.

mendoza editedMendoza. (Foto: Fausto Filho / Ceará)

Técnico: Fernando Diniz (Fluminense)O Dinizismo vive! Para quem gosta de futebol ofensivo e bem jogado, é bom pensar duas vezes antes de criticar o técnico do Fluminense. O Tricolor amassou o Atlético-MG e conquistou grande vitória por 5 a 3, trazendo alívio, já que vinha de duas derrotas seguidas.